joão gilberto vaz joao gilberto vaz

Holanda exporta conceito de gramado para campos brasileiros

Experiências do Amsterdam Arena podem ajudar na construção dos estádios do país para a copa 2014

Texto e fotos Hanny Guimarães
No primeiro ano de funcionamento, em 1996, o gramado do Amsterdam Arena, na Holanda, foi considerado o pior da Eredivisie, o campeonato holandês. No ano passado, a recompensa. Após os aprendizados e diversas aplicações para tornar o estádio uma referência mundial, o gramado foi eleito o melhor da competição.O gigante, casa do Ajax, foi o primeiro multifuncional da Europa, o que garante atividades e renda ao longo de todo o ano, e o primeiro com teto retrátil e grama natural, o que gerou problemas de desenvolvimento do gramado. No período de intervalo de jogos, durante um mês e meio, são realizados eventos de todos os tipos no local como shows, festas e negócios. É nesse momento que a grama é coberta com lâminas de alumínio para proteção, segundo Carolina Rusinek, brasileira, gerente de projetos do estádio, que mora há seis anos na Holanda.

“No início, a diretoria do Amsterdam Arena tinha previsto que a grama seria afetada, porque teria menos incidência de sol, menos vento, menos luz, mas a previsão era mais positiva. Infelizmente, o efeito que teve o teto foi fatal pra grama, ou seja, não ficava grama que aguentasse aqui. Aprendemos muito de lá pra cá”, explica Carolina.

Hanny Guimarães/Arq. Pessoal

Considerado o pior gramado da Holanda no primeiro ano de funcionamento, o Amsterdam Arena aprendeu com os erros e hoje tem o melhor gramado do país
Hoje, um sistema de iluminação chamado Stadium Grow Lighting é colocado no gramado para fornecer a luz necessária. As luzes especiais ajudam no crescimento da grama e melhoram a qualidade. O conceito SGL foi desenvolvido pela arena e hoje é exportado para campos de diversos clubes do mundo como FeyenoordAZManchester UnitedChelseaArsenalBarcelona. E também está chegando no Brasil. De acordo com Carolina, o Botafogo já usa o sistema para melhoras as condições do Engenhão. Além disso, a equipe de consultoria do Amsterdam Arena está envolvida na construção de três estádios no país: o Arena das Dunas, em Natal (RN); o Arena Fonte Nova, em Salvador (BA); e o Grêmio Arena, em Porto Alegre (RS). Os dois primeiros são estádios que servirão aos jogos da Copa do Mundo de 2014. Para manter o gramado saudável, ainda, são utilizados ainda ventiladores que ajudam na circulação do ar e um sistema de irrigação.
Hanny Guimarães/Arq. Pessoal

Novas oportunidades de negócios para o Brasil
Os novos projetos abrem oportunidades de negócios para os produtores de grama brasileiros. No Amsterdam Arena, a grama utilizada é produzida por agricultores da região de Naaldwijk. Segundo Carolina, a consultoria em operações prestadas pelo Amsterdam Arena aos estádios do país prevê não só um estádio para a realização de jogos de futebol, mas também que ajude no desenvolvimento da comunidade no entorno das arenas.a repórter viajou a convite do governo da holanda

FONTE:

http://revistagloborural.globo.com/Revista/Common/0,,ERT323583-18272,00.html

Publicar Comentário

*