joão gilberto vaz joao gilberto vaz

Grandes eventos tornam 2013 o ano de Amsterdã

Não acontece sempre, mas alguns anos parecem pertencer a determinadas cidades. É como se a soma de grandes eventos, inaugurações e efemérides tivesse o poder de transformá-las em capitais do mundo durante 12 meses.

O ano passado foi de Londres, que atraiu todas as atenções com as Olimpíadas, o jubileu de diamante da rainha e o anúncio de que o trono terá um novo herdeiro.
Agora, tudo conspira para que 2013 seja lembrado como o ano de Amsterdã.

Ainda estamos no primeiro semestre e a capital holandesa já comemorou a reabertura de seus dois maiores museus -o Rijksmuseum e o Van Gogh-, os 400 anos dos canais tombados pela Unesco e a coroação do rei Willem-Alexander e da rainha Máxima.

Sua orquestra, a do Concertgebouw, também faz parte das comemorações: está completando 125 anos. O aniversário inclui apresentações no Brasil nos próximos dias.

A capital mais liberal da Europa continua a ser uma das mais acolhedoras do continente e merece cada um dos presentes que generosamente compartilha com seus visitantes.

As velhas atrações também valem a visita -dos comportados passeios de barco às incursões noturnas pelo Red Light District e pelos “coffee shops”, onde, após decisão do prefeito no fim do ano, a maconha pode ser comprada por todos.

O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE AMSTERDÃ

QUANDO IR
Prefira os meses de abril a novembro, cujas temperaturas são mais parecidas às do Brasil

TEMPERATURA MÉDIA
No inverno, as médias mínimas variam de -1°C a 4°C; no verão, as médias máximas vão de 12°C a 22°C

FUSO HORÁRIO
-3 a -5 horas

VISTO
Turistas brasileiros não precisam de visto para permanência por até três meses

VACINAÇÃO
Não é obrigatória

SITE OFICIAL
www.holland.com

FONTE: http://www1.folha.uol.com.br/turismo/2013/06/1297066-grandes-eventos-tornam-2013-o-ano-de-amsterda.shtml

Publicar Comentário

*