joão gilberto vaz joao gilberto vaz

Fla anuncia parceria com Governo do DF e confirma mais 6 jogos em Brasília

Em parceria com o Governo do Distrito Federal, o Flamengo oficializou, na manhã desta terça-feira, um “pacote” para a disputa de mais seis jogos no estádio Mané Garrincha, em Brasília. Além do clássico do próximo domingo, contra o Vasco, o rubro-negro ainda irá receber Botafogo, Bahia, Atlético-MG, Portuguesa, São Paulo e Grêmio em sua nova casa.

Antes disso, o Flamengo já havia enfrentado o Coritiba na capital federal, no último sábado, no empate por 2 a 2 que rendeu mais de R$ 1,1 milhão aos cofres do clube em renda de bilheteria.

“Temos que agradecer ao público brasiliense e ao GDF pela recepção espetacular. Nos sentimos muito felizes e acolhidos na cidade. Todo mundo sabe que Brasília é a segunda casa do Flamengo, pois conta com a maior torcida no DF. Gostaria de dizer que o Flamengo está vindo para ficar”, anunciou o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello.

O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, também comemorou a parceria. “Cada evento como este ajuda na economia de Brasília e permite que a população tenha acesso a clássicos nacionais para a nossa população, demonstrando o potencial da nossa arena multiuso. Queremos uma agenda cada vez mais variada no estádio”, destacou.

E a parceria entre as partes pode não se limitar aos próximos seis jogos. “A programação pode mudar e, inclusive, ser ampliada”, ressaltou Bandeira de Mello, deixando claro que o Flamengo pode fazer mais jogos na cidade.

No encontro desta terça, ficou definido ainda que o valor dos ingressos será definido a cada partida. A tendência, porém, é que os os bilhetes sejam vendidos de maneira semelhante ao último jogo. Contra o Coritiba, no sábado, os preços variaram entre R$ 30 (sócio torcedor) e R$ 200 (setor Vip).

Quatro meses longe do Rio
Com a decisão, o Flamengo ficará, pelo menos, até o início de setembro sem atuar no Rio de Janeiro. A última partida do rubro-negro na capital fluminense ocorreu em 6 de abril, ainda pelo Campeonato Carioca, contra o Duque de Caxias.

Com o Engenhão fechado desde março e um impasse envolvendo a negociação pela utilização do Maracanã, o Flamengo ainda não tem uma “casa” no Rio e precisa apelar para alternativas longe da capital fluminense.

FONTE: http://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/brasileiro/serie-a/ultimas-noticias/2013/07/09/fla-anuncia-parceria-com-governo-do-df-e-confirma-mais-6-jogos-em-brasilia.htm

Publicar Comentário

*