joão gilberto vaz joao gilberto vaz

Engenhão fica fechado até o fim de 2014

O Engenhão ficará fechado até o fim de 2014, anunciou na tarde desta sexta-feira a Prefeitura do Rio. A cobertura do estádio será submetida a obras de reforço.

Inaugurado em 2007, o estádio, que leva o nome oficial de João Havelange, custou R$ 380 milhões.

De acordo com a análise do município, o problema ocorreu por uma falha de projeto. O laudo apresenta fotos com parte da estrutura de sustentação torta e danificada.

A Secretaria de Obras afirmou que vai notificar os consórcios construtores para que se responsabilizem pelos custos da reforma. Mas o representante da Odebrecht, líder de um dos consórcios, deixou claro que haverá disputa judicial sobre quem arcará com os gastos.

“Vamos esperar a notificação da prefeitura para nos manifestar. Mas o consórcio não tem responsabilidade sobre o projeto. Quando fomos contratados o projeto estava concluído, as peças já estavam fabricadas”, disse o engenheiro Marcos Vidigal.

Segundo a Secretaria de Obras, é bem provável que nenhuma seleção possa treinar dentro do Engenhão. A Itália tinha previsto fazer treinamentos no campo visando a Copa das Confederações.

ARCOS

Na versão da prefeitura, houve erro de cálculo para a construção dos arcos que sustentam a cobertura. Os arcos dos setores leste e oeste se deslocaram quase um metro após a retirada das escoras que sustentavam a cobertura durante a obra. A movimentação esperada era de apenas alguns milímetros.

O projetista, Flávio D’Alambert, afirmou à época que a movimentação era esperada e ratificou seus cálculos.

“O projeto foi verificado por auditores. Se houvesse erro de cálculo, já teria havido problemas graves há muito tempo”, disse D’Alambert.

ANÁLISE

De acordo com o engenheiro da UFF Nelson Szilard, membro da comissão de análise do problema formado pelo município, os cálculos do projeto estão sob análise desde 2007. Szilard disse que as estruturas apresentaram sobretensão ao longo do tempo, mas com risco controlado.

“O estádio foi fechado quando surgiu um laudo apresentando risco iminente de queda da cobertura”, disse Szilard.

O secretário Alexandre Pinto disse ter confiança de que “as empresas acatarão” a determinação. Ele disse que o custo só será fechado quando for concluído o projeto executivo da intervenção.

O Engenhão está interditado desde março, quando foram identificados problemas na cobertura do estádio.

FONTE: http://www1.folha.uol.com.br/esporte/2013/06/1291396-engenhao-fica-fechado-ate-o-fim-de-2014.shtml

Publicar Comentário

*