joão gilberto vaz joao gilberto vaz

71% dos brasileiros temem corrupção em obras da Copa, revela pesquisa

Levantamento mapeou expectativas da população sobre a preparação do Brasil para o Mundial do ano que vem

O brasileiro está receoso de que parte do dinheiro público usado para financiar as obras de adequação do Brasil para a Copa do Mundo vá parar em bolsos privados. É o que concluiu uma pesquisa inédita da Hello Research que investigou as expectativas da população quanto à preparação e realização da Copa de 2014 no Brasil.
Os pesquisadores perguntaram a mil entrevistados de 70 cidades das cinco regiões do país, se eles concordavam com a afirmação de que haverá muito desvio de verba pública nas obras para a Copa. 71% concordaram com a afirmação, 22% não emitiram opinião e apenas 6% discordaram.
– Em linhas gerais o brasileiro é super cético quanto à máquina pública, que reflete uma noção bem distorcida sobre política em si. A taxa de desconfiança está normal. Alta, mas dentro do normal – analisa o diretor executivo da Hello Research e coordenador da pesquisa, Davi Bertoncello.
A impressão geral é de que haverá desvio até em áreas em que o poder público não atua diretamente, como os investimentos em rede hoteleira e criação de mais leitos para receber turistas durante o evento. Para 58% dos entrevistados haverá desvio nos investimentos para rede hoteleira, assim como nos estádios (60%), aeroportos (62%) e transporte público (62%).
A despeito de toda desconfiança com a corrupção, 49% dos brasileiros acreditam que esta Copa será melhor organizada que a da África do Sul. Por outro lado, 58% discordam da liberação de bebidas alcoolicas nos estádios, que vai acontecer nas competições Fifa.
A pesquisa concluiu também que o técnico da Seleção, Luiz Felipe Scolari, está em alta: 63% concordaram que o treinador é a pessoa certa para conduzir o Brasil ao hexacampeonato.
As entrevistas foram feitas com pessoas do sexo masculino e feminino, de todas as classes sociais e faixa etária acima de 16 anos, entre fevereiro e março deste ano.

Infelizmente, corrupção existe em todos os países, em toda obra pública do mundo. Não sei se está tendo algum desvio de verba, mas é função dos tribunais de conta fiscalizar. O O Tribunal de Contas da União (TCU) tem procurado participar do controle com intensidade. O Ministério Público também não está alheio ao que está acontecendo, tenho a impressão que estamos tendo uma vigilância maior. Entendo que o Brasil não está se preparando bem para a Copa não em função da corrupção, mas por causa da falta de planejamento. Obras começando fora do prazo e com projetos mal elaborados, por exemplo. Está mal preparado por força de má gestão.
A população tem esse sentimento porque desde o episódio do Mensalão ficou essa impressão de no país há muita corrupção. Por isso também a importância da vigilância de órgãos como o TCU e o MP. Acredito que estes órgãos estão mais atentos do que estavam há tempos atrás.

FONTE: http://www.lancenet.com.br/copa-do-mundo/brasileiros-corrupcao-Copa-revela-pesquisa_0_932906955.html

Publicar Comentário

*